PRESIDENTE

Estamos vivendo um grande momento de graça na Igreja do Evangelho Quadrangular do Estado de São Paulo. Desde o primeiro momento nesta função, a qual Jesus me confiou, estou em grande tremor e temor. Procurei nestes dezesseis meses de trabalho fazer o melhor, junto aos meus conselheiros. Pude fazer uma administração com transparência e reestruturando a igreja em todo o Estado, porque Deus nos convoca para sermos agentes modificadores. Por isso, a base de todo o trabalho desse Conselho tem sido também a transparência e a reestruturação da Igreja, procurando criar confiabilidade (esperança firme em algo garantido).

Em linhas gerais, sanamos todas as dívidas da IEQ paulista, estamos cuidando de pastores doentes e que estão envelhecendo, compramos vários terrenos e construímos novas igrejas para cumprir o projeto Igreja-Embrião, estamos zelando pela parte espiritual da Igreja com amor junto ao Conselho e minha esposa Eunice Digilio vem fazendo um trabalho maravilhoso de aproximação junto às esposas de pastores.

Este Conselho tem o dever de assim proceder, pois essa é a obrigação resultante dos preceitos da honra: esquecer o passado, viver o presente e, juntos, alcançarmos um futuro de glória para a nossa amada Quadrangular. O CED-SP de hoje tem seu trabalho estribado no Senhor Jesus, que com seu desapego ao corpo terreno, nos desafia a tomar conhecimento das coisas a nós ordenadas para fazer, a fim de que possamos escolher de que lado estamos. Tomo os capítulos 20 e 21 do evangelho de João para te dizer: ‘façamos a nossa parte, porque o Senhor está a nossa frente para nos fazer vitoriosos’.

O Senhor tem um ponto central o qual opera em cada aspecto da nossa vida, individualmente ou em conjunto, e é assim que Ele esta conduzindo este Conselho Estadual, individualmente e em sintonia com o CND, para alcançarmos a unidade da Igreja. O nosso trabalho com os conselheiros precisa continuar, precisa ser anunciado aos ouvidos surdos, pois estamos atentos contra a politicagem e a teologia da letra, que luta para engessar todo o avanço da igreja espiritual. Este Conselho precisa continuar sem a alteração de seus membros porque estamos vivendo o tempo de Deus para a IEQ de São Paulo, o tempo em que Deus começa a agir, para a unidade perfeita do seu corpo.

Que o Espírito Santo nos ajude e nos ensine a fazermos, juntos, um alicerce de fidelidade, honra e obediência a Deus e aos homens aos quais somos submissos.

PRESIDENTE

REV. ROCCO DIGILIO FILHO

O presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular no estado de São Paulo,  rev. Rocco Digilio Filho, nasceu em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. Bacharel em Direito, pela universidade Braz Cubas, é empresário e ministro do evangelho há mais de 40 anos. Casado com a pra. Eunice Digilio, é pai de Regina, Ricardo, Rinaldi e Roberta e avô de seis netos.

Converteu-se aos caminhos do Senhor em 1968 na então Igreja do Evangelho Quadrangular (IEQ) de Vila Formosa em São Paulo, cujo pastor era Carlos Alberto Bezerra, o qual considera seu pai na fé. Iniciou a obra da IEQ Vila Ema em 1973 numa casa com cultos domiciliares, passando dali para um salão no mesmo bairro, até que a igreja se instalasse na atual sede na Rua Uhland.  Com capacidade para 1.500 pessoas a igreja também é sede do Instituto Teológico Quadrangular (ITQ).

Além de líder ministerial da IEQ Vila Ema há 43 anos, Rocco Digilio é presidente do Conselho Estadual de Diretores - CED-SP e pioneiro da expansão Quadrangular na região Leste I da capital paulista como superintendente, com mais de 1900 igrejas sob sua administração, além das congregações.

Sempre atuante no CED-SP em favor do crescimento da igreja, participou da Comissão dos Notáveis na elaboração do novo Estatuto Quadrangular, foi 4º Vice-Presidente por dois mandatos, 1º Vice-Presidente por 1 ano, presidente interino por 1 ano e meio e, na 34ª Convenção Estadual, foi eleito presidente com 90% dos votos.

Em 2015, Rocco foi homenageado com os títulos de Cidadão Honorário de São Carlos e Cidadão Mogiano, em reconhecimento a sua dedicação às causas religiosas e sociais. Ambos os decretos foram aprovados por unanimidade.

Como escritor evangélico, Rocco lançou as obras "Pensamentos de Sucesso" nos volumes I e II e "Casamento: Aliança com Deus", todos sucessos de público cristão.

Destaques Quadrangular