AÇÃO SOCIAL

COMUNIDADE TERAPÊUTICA

coordinator

Projeto Inicial


Preocupado em como as drogas têm destruído milhares de famílias no estado de São Paulo, em 2005 o rev. Rocco sentiu a necessidade emergencial em sua administração da implantação de unidades de recuperação para o tratamento de dependentes químicos. Cada centro de recuperação contaria com atividades e atendimento médico e espiritual aos internos.


Atualmente


As Comunidades Terapêuticas contam com duas unidades: Itapetininga e Aguaí. Com capacidade para abrigar cerca de 50 dependentes, ambas oferecem refeições diárias, tratamento educacional, psicológico e espiritual e possuem amplo espaço de área verde, onde são realizadas atividades físicas e laborais entre os internos.